banner

O comportamento de João Pinto!

16. 10. 12

joaopinto

Recebemos novamente do nosso leitor do Porto, António Vicente, mais um pequeno texto onde ele manifesta preocupação, incredulidade e curiosidade, que passamos a transcrever.

Continuo bastante confuso com o comportamento de João Pinto!

Como devem estar lembrados, escrevi há tempos atrás para o site (As Mentiras do Arnaldo) onde descrevia o meu encontro com um militante do PCTP/MRPP, que eu já não via há algum tempo.

Pois parece bruxedo, mas num curto espaço de tempo, voltei a encontrá-lo e até comentei para ele, carago tanto tempo sem nos vermos e agora em tão pouco tempo, voltámos a cruzar-nos.

Como fiquei com uma certa desconfiança desde o último encontro e vendo hoje também o João Pinto, com um ar de esfomeado e até mais parecendo um sem-abrigo, resolvi insistir com ele sobre a sua actual situação familiar e de militante.

Depois de ver a minha preocupação para com o estado dele, lá resolveu dizer-me que a situação familiar está mal, porque sendo profissional do partido, quem agora está à frente é o Arnaldo Matos, e agora não tem recebido o seu ordenado, pois deixaram de lhe pagar!

Eu incrédulo nem queria acreditar no que estava a ouvir e por curiosidade perguntei-lhe se o partido deixou de ter dinheiro ou tinha sido cortada a subvenção?

Nem uma coisa nem outra, porque o partido está a participar nas Eleições dos Açores, e para a campanha há dinheiro, mas para deixar uma família à fome já não há!

Mostrou-se muito desiludido com esta situação e nunca pensou chegar a estes extremos, dizendo-me em conclusão, que estava a ponderar abandonar o partido.

Despedi-me dele, desejando muita sorte e com uma grande dúvida, se o partido de que eu fui simpatizante e defensor sempre da classe trabalhadora, agora tinha deixado de olhar para dentro das suas fileiras.

António Vicente

Leia também:
Encontro de um simpatizante com um militante

Director: Carlos Fidalgo - carlos.fidalgo.10@sapo.pt